24.8.10

Não venham cá com histórias...

Eis que chegámos à última semana da Princesa nesta escola.
Para Setembro, outra escola, novos colegas, nova Educadora, nova(s) Auxiliares, tudo novo.

Só se podia falar bem desta escola.
Segundo a Educadora, é uma menina linda, muito amiga, 5 estrelas, ajuda os outros, é das únicas que repete o almoço e, quanto às refeições, é como deve ser.
Mas a Educadora entrou de férias e o comportamento da Princesa mudou.

Quando a vamos buscar, as responsáveis que lá estão, dizem que está tudo bem e que ela se portou bem.
Em casa, à noite, notamos que traz algumas mordidelas.
Mas até ela se tornou mais agressiva.
Qualquer tentativa de a contrariar no seu objectivo, é logo grito, choradeira pegada, pontapés, murros e tenta morder.
Ela não era nada assim.

Como já me disseram, deve ser ela que já deve ter percebido que vai mudar de escola.
Mesmo que perceba, isso lá explica a mudança de comportamento?
Nem pensar.

Existe lá um colega que, além de ser filho de Pais separados, é um bocado bruto com os outros miúdos.
Bate-lhes e depois diz que são sempre os outros a bater.
Mas eu não estou a acusá-lo.
Tanto pode ser ele, como outro qualquer.

Só sei que não gosto de a ver assim e uma Auxiliar, que ela tanto gosta, não venha cá com a história de que ela está a crescer.
Crescer? Sim, está.
Mas não precisa estar tão agressiva assim, pois não?

6 comentários:

Mãe da Tiz disse...

Parece que nos andamos todos a queixar do mesmo... está visto que os 3 anos têm trazido mudanças de comportamento à criançada! Tb n acredito que seja por ela perceber que vai mudar de escola... ela tb já deve é estar cansada e a precisar de férias, eles apercebem-se que faltam outros colegas/ educadoras e sentem que é uma altura atípica, logo leva a comportamentos diferentes.
Vais ver q depois de uns dias de descanso, tudo melhora ;)

beijocas***

Gasparzinha disse...

Pois não! Mas tb pode ser uma fase. E pode tb ser a influência de outras crianças, por exemplo, eu noto q a minha filha fica mais agressiva, que grita mais e muda o comportamento depois de estar com um primo que é super mal comportado, e estou à beira de cortar o mal pela raíz!
Bjs

susana disse...

A mim parece-me q a princesa se está a deixar influenciar pelo puto de quem falaste....n me parece q seja de mudança de escola.
Já tentaste falar com ela e perceber o porquê deste comportamento?

jokitas

Mafalda S. disse...

Concordo com a Gasparzinha e com a Susana, porque a minha filhota também se torna mais agressiva na companhia de miúdos agressivos. Honestamente, o miúdo é que deve ser problemático e a tua filha acaba por arranjar uma forma de se defender ou um escape para expor os seus sentimentos. Tenta fazer com que ela verbalize aquilo que sente, dá-lhe muitos miminhos e vais ver que melhora.

Sara disse...

A minha como varia de santa a diaba num ápice nem sei que te diga, mas no caso dela acho mesmo que é genético.
Vais ver que isso passa mas uma conversa descontraída com ela pode ser que resulte.

Beijocas e as melhoras :p

© ●•TéTé £ XαVιєя•● disse...

É perfeitamente natural que, agravado pela ausência da educadora, o facto de estar mais agressiva seja a forma dela exteriorizar a tristeza que sente, por saber que vai mudar de escola.

Sabes que, inúmeras vezes dou comigo a pensar como sou ingénua, tipo ‘onde foi que o Xavi ouviu isto ou aquilo?!’
Eles ouvem e sentem MAIS do que imaginámos!

Entendo a tua revolta e angústia, mas a semana chega ao fim… inicia-se um novo ciclo na sua vida, que apesar da adaptação extraordinária das crianças, tomara que corra tudo bem e que essa fase de revolta passe quanto antes!

Beijos
Tété & Xavier